Esse é um dos questionamentos mais recorrentes, não só de quem ainda não empreende, mas de quem já está na jornada empreendedora.

Nossa sugestão para esse questionamento é: ressignifique a palavra "Vender" na sua mente.

Escreva o que vem para você ao ouvir a palavra "vender"... são palavras e frases que remetem a coisas positivas ou negativas?

E se ao invés de pensar "Vou vender meu produto ou serviço, você começar a pensar: "vou compartilhar com o maior número de pessoas sobre o meu produto/ serviço para que elas consigam resolver ou sanar o que elas desejam!?"

Pense que a partir de hoje, você será uma mulher que gosta de ajudar pessoas a resolverem seus problemas ou satisfazerem seus desejos.

E já comece seu negócio ou o seu dia pensando no que você pode "dar" e contribuir na vida das pessoas e não no que você pode "ganhar" através dessas pessoas.

Você perceberá que ao tirar o foco da "sua pessoa" e colocar o foco "nas pessoas", e pensar em tudo o que você pode contribuir e ser útil para elas, você começará a se conectar com autenticidade e verdade e elas perceberão seu interesse genuíno em ajudá-las e a venda será apenas uma consequência da mudança da sua mentalidade, postura e atitudes.

Comece a perceber o que as pessoas não têm, e o que estão querendo? E dê isso a elas!

"Este será o século em que venderemos as coisas que as pessoas realmente precisam e não o que elas apenas querem", afirma Alain de Botton.

E você futurete? Tem dificuldade em vender seu produto/ serviço?

Posted in _

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *